Coronavírus: Universidade do Porto passa para o ensino à distância

Universidade do Porto suspende todas as atividades letivas presenciais e implementa o ensino à distância. A medida é justificada pelo rápido evoluir da situação da propagação do coronavírus e o alarme social instalado.

0
Coronavírus: Universidade do Porto passa para o ensino à distância
Coronavírus: Universidade do Porto passa para o ensino à distância. Foto: © Rosa Pinto

Em face da atual evolução da COVID-19 a Universidade do Porto decidiu pela suspensão de todas as atividades letivas presenciais. A decisão foi tomada seguindo “as orientações do Plano de Contingência para a Universidade do Porto, e ouvida a Task-Force da Universidade do Porto para a COVID-19”.

A Universidade indicou que “sempre pautou a sua atuação no combate à propagação da COVID-19 pelas recomendações e determinações das autoridades de saúde locais e nacionais”, no entanto, devido ao “rápido evoluir da situação e dado o clima crescente de dúvida e alarme social instalado que inviabiliza o normal prosseguimento das atividades letivas”, a universidade determinou:

  • a suspensão de todas as atividades letivas presenciais na Universidade do Porto, com efeitos a partir de 12 de março de 2020 e por tempo indeterminado;
  • a implementação pelas faculdades, com caráter de urgência, dos meios de ensino à distância tal como previsto no Plano de Contingência da Universidade do Porto;
  • a suspensão do funcionamento de bibliotecas e salas de estudo;
  • a suspensão de eventos e atividades desportivas e culturais nas instalações da Universidade do Porto;
  • a continuação do funcionamento da rede de residências e cantinas universitárias dos Serviços de Ação Social da Universidade do Porto, de forma a garantir o apoio indispensável aos estudantes e colaboradores da Universidade do Porto.
Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!