Forum Dança: Cartografias #2 – “O corpo como fronteira de resistência”

Cartografias #2 decorre de 3 a 19 de outubro de 2019, no Forum Dança e no CCB em Lisboa. “O corpo como fronteira de resistência” é a linha programática para uma dança que produz metáforas de resistência, criando dispositivos situados entre o político e o estético.

0
Forum Dança: Cartografias #2- “O corpo como fronteira de resistência”
Forum Dança: Cartografias #2- “O corpo como fronteira de resistência”. Foto: ©Brian Ojeda

A terceira edição da mostra organizada pelo Forum Dança, Cartografias #2, decorre entre 3 e 19 de outubro, integrando artistas de três continentes entre espetáculos, workshops e momentos sociais de encontro com o público. “O corpo como fronteira de resistência” define a sua linha programática; uma a dança que produz metáforas de resistência, criando dispositivos situados entre o político e o estético.

No Centro Cultural de Belém

Joana Von Mayer Trindade e Hugo Calhim Cristovão, artistas baseados na cidade do Porto, apresentam, no dia 5 de outubro às 21h00 na Black Box do CCB – Centro Cultural de Belém, “Dos Suicidados – O Vicio de Humilhar a Imortalidade”. Partindo da obra de Raúl Leal constrói-se uma peça de rara fisicalidade e que confronta o espectador com um olhar sobre a relação do corpo com a vertigem psicológica e o desejo de aniquilação.

Em colaboração com o coreógrafo português Nuno Lucas, apresentamos dois artistas sulcoreanos:

Jin Young Park, numa mostra informal da sua residência em Lisboa;

Ha Yong Bu, consagrado mestre que orientará um laboratório de pesquisa coreográfica inspirado na dança tradicional coreana.

O laboratório acontece entre 7 e 10 de Outubro, no Forum Dança, é aberto à comunidade e consiste num trabalho de grande impacto técnico e inspirador para os dispositivos da dança e teatro da contemporaneidade, já que a dimensão da corporalidade é desenvolvida enquanto resistência a estereótipos sociais.

Enquanto artistas emergentes e participantes de cursos de formação do Forum Dança, Clarissa Rêgo, Bruno Brandolino, Bibi Dória, Marta Ramos e Blanche Denarnaud, apresentarão, no Forum Dança, vários solos que reflectem dramaturgias e ficções sobre as condições da modernidade tardia: estes criadores movem-se entre a nudez física e as representações do grotesco, apoiando-se na crueza de meios cénicos e nas emanações conscientes, culturais e vivenciais de si mesmos.

Bilhetes

Os bilhetes serão colocados à venda nos locais, 30 minutos antes de cada apresentação. Não se aceitam reservas. Lotação limitada.

Preços

3 € cada apresentação, no Forum Dança;

5 € duas apresentações no mesmo dia, no Forum Dança;

7 € apresentação única no CCB-Black Box.

Inscrições para o workshop

As inscrições decorrem até ao dia 4 de outubro e devem ser remetidas para o email geral: forumdanca@forumdanca.pt. O número máximo de participantes é de 20 pessoas. Os destinatários são profissionais e estudantes das artes do espetáculo, e pessoas com experiência prévia em movimento e/ou teatro. A taxa de participação é de 90 €, havendo desconto de 15% para profissionais da área do espetáculo, alunos e ex-alunos de cursos do Forum Dança.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!