Lisboa ativa plano para proteção dos sem-abrigo devido ao frio

Câmara Municipal de Lisboa ativa Plano de Contingência para as Pessoas Sem-Abrigo, dadas as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) que apontam para uma descida acentuada das temperaturas nos próximos dias.

0
1
Partilhas
Lisboa ativa plano para proteção dos sem-abrigo devido ao frio
Lisboa ativa plano para proteção dos sem-abrigo devido ao frio. Foto: © DR

O Departamento de Marca e Comunicação da Câmara Municipal de Lisboa indica que vai colocar em funcionamento, no Pavilhão do Casal Vistoso, o Dispositivo Integrado de Apoio aos Sem-Abrigo (DIASA), onde serão servidas refeições quentes, alimentos e distribuídos agasalhos.

O Serviço Municipal de Proteção Civil, tendo em conta as previsões que apontam para temperaturas muito baixas, recomenda um conjunto de medidas a serem tomadas, não só pelos sem-abrigos, mas pela população em geral, chamando, no entanto, a atenção para os grupos de maior risco.

Quem são os grupos de maior risco?

Crianças nos primeiros anos de vida e idosos;

Doentes crónicos (em especial cardíacos, vasculares, respiratórios, reumáticos, diabéticos e da tiróide) ou acamados;

Indivíduos com perturbações de memória, problemas de saúde mental, alcoolismo ou demência;

Indivíduos que tomem medicamentos como psicotrópicos ou anti-inflamatórios;

Indivíduos com mobilidade ou dificuldades na realização das atividades da vida diária;

Indivíduos isolados ou em situação de exclusão social.

Que medidas tomar:

Evitar a saída de casa dos indivíduos que pertencem aos grupos de maior risco;

Procurar manter-se em casa ou em locais quentes.

Evitar as atividades físicas intensas que obrigam o coração a um maior esforço que podem provocar um ataque cardíaco. O ar frio não é bom para a circulação sanguínea;

Em caso de suspeitar de situações de hipotermia, ligue imediatamente para o 112;

Estar atento às informações meteorológicas e cumpra as recomendações das entidades competentes.

O Serviço Municipal de Proteção Civil alerta 
para alguns cuidados a ter no interior das casas:

Ter cuidado com as lareiras. Em lugares fechados sem renovação de ar, a combustão pode originar a produção de monóxido de carbono, um gás letal;

O consumo excessivo de eletricidade pode sobrecarregar a rede originando focos de incêndio ou falhas locais de energia. Procure poupar energia, desligando os aparelhos elétricos que não sejam necessários. Tenha à mão lanterna e pilhas, para o caso de faltar a luz;

Ter cuidado com queimaduras devido a aquecimentos.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz