Manifestações do 1.º de Maio reúnem todas as reivindicações

As grandes manifestações de 1º de Maio desenrolam-se no momento em que as reivindicações estão a aumentar e anúncios de greves em setores, como: saúde, forças de segurança, professores e administração pública.

0
Manifestações do 1.º de Maio reúnem todas as reivindicações.
Manifestações do 1.º de Maio reúnem todas as reivindicações. Foto: Rosa Pinto

O 1º de Maio tem as grandes manifestações de trabalhadores do ano. Em Lisboa, organizada CGTP arranca, a partir da 15h00, da Largo Martim Moniz até à Alameda D. Afonso Henriques, terminando frente à Fonte Luminosa com discurso de Arménio Carmo.

A UGT organiza o 1º de Maio em Figueiró dos Vinhos, com a Festa do Trabalhador e um desfile sindical, junto ao mercado Municipal, onde discursa Carlos Silva.

São várias as reivindicações que os trabalhadores levam para a rua, e que se resumem a aumento de salários, reformas, promoções, contagens de tempo de serviço, mas também a melhores condições de trabalho, como o fim à precaridade no trabalho, melhores condições de acesso à saúde, alterações de regimes profissionais entre outros.

Os sindicatos sabem que este é o momento para uma maior pressão sobre o Governo dado que se aproxima o tempo de preparação do orçamento para 2019.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!