Medicamento degarrelix pode diminuir a gravidade da COVID-19 nos homens

Foi lançado um ensaio clínico, nos EUA, com o medicamento degarrelix, para reduzir a gravidade da COVID-19 nos homens. O medicamente é normalmente usado como terapêutica nos homens com cancro de próstata.

0
Medicamento degarrelix pode diminuir a gravidade da COVID-19 nos homens
Medicamento degarrelix pode diminuir a gravidade da COVID-19 nos homens. Foto: DR

Investigadores da Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA), EUA, deram início a um novo ensaio clínico para melhorar os resultados de saúde de homens com COVID-19. O ensaio usa um supressor de hormônios que é normalmente usado como terapêutica nos homens com cancro da próstata.

O estudo de fase 2 vai avaliar se a supressão temporária de hormônios masculinos pode reduzir a gravidade da COVID-19, ajudando os pacientes a ter mais rápido alta hospitalar, e a diminuir a necessidade de intubação e a mortalidade. O estudo liderado pela UCLA está a ser conduzido no Sistema de Cuidados de Saúde dos Veterans Affairs Greater Los Angeles e em outros locais de Veterans Affairs nos EUA.

“Está a ficar claro que os homens têm mais probabilidades que as mulheres de morrer de COVID-19, e achamos que há uma conexão entre a investigação do cancro da próstata e a nossa compreensão da investigação com COVID-19”, referiu o investigador principal Matthew Rettig, na David Geffen School of Medicine da UCLA e membro do UCLA Jonsson Comprehensive Cancer Center.

Dados recentes da cidade de Nova York, o epicentro das infeções nos Estados Unidos, mostram que os homens não são apenas os infetados em maior número, mas também a taxa de morte é duas vezes maior que a taxa morte em mulheres.

Os investigadores esclareceram que a convergência entre a investigação do cancro da próstata e a investigação em COVID-19 começa com um recetor de proteína chamado TMPRSS2, que é anormal em cerca de metade de todos os pacientes com cancro da próstata e desempenha um papel no desenvolvimento e progressão desse cancro da próstata.

Trata-se do mesmo recetor que os investigadores acreditam que é usados pelo coronavírus para entrar nos pulmões e atacar o tecido pulmonar. O recetor é regulado pelos hormônios masculinos no cancro da próstata, e os investigadores acreditam que também pode ser regulado no tecido pulmonar pelos hormônios masculinos.

“É como uma fechadura e chave”, referiu Matthew Rettig, que também é chefe de hematologia e oncologia do Sistema de Cuidados de Saúde Veterans Affairs da Grande Los Angeles. “Se o vírus é a chave e seu recetor é a fechadura, o vírus insere-se na fechadura e pode entrar no pulmão enquanto os hormônios masculinos tornam essa fechadura mais acessível ao vírus. Ao suprimir os hormônios masculinos, é como colocar um pedaço de fita adesiva sobre a fechadura para que a chave não caiba.”

No ensaio clínico liderado pela UCLA, os pesquisadores vão suprimir os hormônios masculinos usando o medicamento já aprovado e que é conhecido como degarrelix, para interromper temporariamente a produção de TMPRSS2 e impedir que o vírus entre no tecido pulmonar.

“Esperamos que isso não apenas ajude os homens com COVID-19 a sair do hospital mais rapidamente, mas, em última análise, veja menos homens a morrer de COVID-19”, referiu Matthew Rettig.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!