Morreu o Comendador José Arruda, Presidente Associação de Deficientes das Forças Armadas

Presidente Associação de Deficientes das Forças Armadas, Comendador José Arruda, uma referência incontornável para a Defesa Nacional, morreu. O Ministro da Defesa Nacional lamenta morte, que é uma perda para toda a sociedade portuguesa.

0
Morreu o Comendador José Arruda, Presidente Associação de Deficientes das Forças Armadas
Morreu o Comendador José Arruda, Presidente Associação de Deficientes das Forças Armadas. Foto: ©TVEuropa

“Foi com profundo pesar que o Ministro da Defesa Nacional e a Secretária de Estado da Defesa Nacional tomaram conhecimento do falecimento do Presidente da Direção Nacional da Associação de Deficientes das Forças Armadas”, indica nota do Gabinete do Ministro da Defesa Nacional (MDN).

O MDN refere que “o Comendador José Arruda era uma referência incontornável para a Defesa Nacional e para a sociedade portuguesa. A sua liderança da Associação de Deficientes das Forças Armadas merece o reconhecimento e a admiração de todo o País, e perdurará na memória de todos”.

“A Defesa Nacional perdeu hoje um homem de causas, combativo, um líder com um grande sentido de dever, de lealdade, e de camaradagem, um exemplo inspirador de cidadania” indica o MDN e acrescenta que “a Defesa Nacional e a sociedade portuguesa muito lhe devem pelo trabalho incansável de combate ativo pelos direitos dos Associados que representava e cujos interesses tão bem soube servir”.

A nota do MDN conclui que “com o desaparecimento do Comendador Arruda a Defesa Nacional e toda a sociedade portuguesa ficaram mais pobres.”

O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, em nota colocada no site da Presidência da Republica, lamenta a morte do Comendador José Eduardo Gaspar Arruda e “envia as mais sentidas condolências à família, aos amigos, à ADFA e às Forças Armadas.”

O Comendador José Arruda foi condecorado pelo Estado Português com a Ordem do Mérito, grau de Comendador, e com o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, lembra a nota da Presidência e que José Arruda “assegurou de uma forma extremamente dedicada, altruísta e meritória, a reafirmação dos direitos à recuperação moral e material dos Deficientes das Forças Armadas, numa permanente defesa dos valores da civilização, em prol da dignificação do ser humano, da justiça social e promoção da liberdade.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!