Renovar carta de condução no Espaço Cidadão Móvel

Renovar a carta de condução, emissão de certidões, registo criminal, ou informações sobre prestações sociais são alguns dos serviços disponíveis no ‘Espaço Cidadão Móvel’. Cinco viaturas iniciam viagem pelo país para fornecer localmente os serviços.

0
Renovar carta de condução no Espaço Cidadão Móvel
Renovar carta de condução no Espaço Cidadão Móvel. Foto: CC

Cinco viaturas ‘Espaço Cidadão Móvel’ vão, a partir desta semana, ao encontro dos cidadãos para lhes prestar um conjunto de serviços públicos em diferentes áreas: Segurança Social, Justiça, Finanças, Agricultura, Infraestruturas e Saúde.

O ‘Espaço Cidadão Móvel’ é um ponto de atendimento digital mediado que segue o princípio da mobilidade, aliás tal como acontece já com o ‘Espaço Cidadão Solidário’, em que os serviços públicos vão ao encontro dos cidadãos e das suas necessidades, em vez de serem estes a deslocarem-se, que em alguns casos obrigavam a grandes distâncias

Na primeira fase, os ‘Espaço Cidadão Móvel’ vão reforçar o trabalho, coordenado pela Segurança Social, de apoio às populações vítimas dos incêndios do ano passado.

Estes novos equipamentos disponibilizam os seguintes serviços:

Informação sobre apoios sociais disponibilizados às populações afetadas pelos incêndios;

Informação sobre prestações sociais atribuídas pela Segurança Social;

Sinalização de situações com necessidades de acompanhamento social ou médico;

Informação sobre apoios disponíveis às empresas afetadas e apoios à empregabilidade;

Informação e emissão de certidões, requisição do documento de identificação ou 2ª via do certificado de matrícula;

Informação sobre a situação dos veículos ardidos;

Informação de apoio a agricultores e reposição do potencial produtivo;

Renovação da Carta de Condução;

Emissão do Registo Criminal;

Emissão de Chave Móvel Digital (importante para suprir falta do CC a quem tenha ficado sem ele);

Entrega de despesas médicas da ADSE para reembolso.

O serviço junto das populações é prestado por equipas de técnicos de vários serviços públicos, nomeadamente Segurança Social, Instituto dos Registos e do Notariado (IRN), Direção Regional de Agricultura e Pescas (DRAP) e Agência para a Modernização Administrativa (AMA). Há também o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e da Fundação INATEL.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!