Soja geneticamente modificada autorizada para alimentação humana e animal

Comissão Europeia autoriza soja geneticamente modificada para ser usada na alimentação humana e de outros animais. A autorização não inclui o cultivo do OGM.

0
Soja geneticamente modificada autorizada para alimentação humana e animal
Soja geneticamente modificada autorizada para alimentação humana e animal. Foto: CC/Wikipedia

Um organismo geneticamente modificado (OGM) foi hoje autorizado pela Comissão Europeia para utilização em géneros alimentícios e alimentos para animais. A soja geneticamente modificada, agora autorizada, foi submetida a um procedimento de autorização pormenorizado, que incluiu uma avaliação científica pela Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos.

A Comissão Europeia indicou que a decisão de autorização de hoje não abrange o cultivo do OGM, e que todos os Estados-Membros puderam exprimir-se sobre o assunto no Comité Permanente e, posteriormente, no Comité de Recurso.

A autorização é válida por 10 anos, e a Comissão indicou que quaisquer produtos obtidos a partir desta soja geneticamente modificada serão sujeitos às rigorosas regras da União Europeia em matéria de rotulagem e rastreabilidade.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!