V Encontro Mundial de Piano de Coimbra com pianistas de três continentes

Coimbra torna-se a cidade da música de 1 e 8 de fevereiro. O “V Coimbra World Piano Meeting” reúne mais de 100 pianistas oriundos de mais de 20 países da Europa, Ásia e América do Norte. Um evento com prestígio nacional e internacional.

0
V Encontro Mundial de Piano de Coimbra com pianistas de três continentes
V Encontro Mundial de Piano de Coimbra com pianistas de três continentes. Foto: © Rosa Pinto

A partir de hoje e até dia 8 de fevereiro, Coimbra torna-se na cidade da música. V Encontro Mundial de Piano de Coimbra ou “V Coimbra World Piano Meeting“, em inglês, reúne mais de 100 jovens pianistas de mais de 20 países da Europa, Ásia e América do Norte.

O evento que o Ministério da Cultura reconhece de prestígio nacional e internacional é organizado pela prestigiada Academia Internacional de Música Aquiles Delle Vigne, com um programa vasto que se estende de Coimbra até à Figueira da Foz e ao Sardoal.

A maioria dos concertos do “V Coimbra World Piano Meeting” é de entrada livre e têm como palco principal Coimbra, a cidade classificada como Património Mundial pela UNESCO, onde jovens pianistas com idades entre os 8 e os 40 anos, vão dar atuar tornando o momento uma oportunidade única para todos os que possam assistir.

O Concerto de Abertura, organizado em parceria com o Município de Coimbra, está marcado para amanhã, dia 2 de fevereiro, às 18h00, no Convento São Francisco, em Coimbra. O concerto é da Orquestra Clássica do Centro, dirigida pelo maestro Jan Wierzba, onde é homenageado o compositor Ludwig van Beethoven. Uma homenagem, no ano de comemoração dos 250 anos do nascimento do compositor alemão, nascido em dezembro de 1770.

A grande dimensão do “V Coimbra World Piano Meeting” torna-o num evento único à escala mundial que reúne os maiores mestres de piano do mundo, bem como, o maior número de jovens pianistas representando mais de 20 nacionalidades.

O programa é vasto e decorre ao longo dos vários dias com Masterclasses, diversos Concertos – dois deles sinfónicos e acompanhados pela Orquestra Clássica do Centro e pela Orquestra Filarmónica das Beiras, havendo também uma Competição de Piano.

Ministério da Cultura reconhece prestígio nacional e internacional

Ministra da Cultura, Graça Fonseca, elogiou a iniciativa e referiu: “Em virtude do prestígio nacional e internacional desde evento, impõe-se transmitir as mais elevadas felicitações à Academia Aquiles Delle Vigne por esta iniciativa sublinhando o elevado número de jovens participantes oriundos de mais de 20 países, bem como o alargamento do território onde o mesmo se irá realizar, num esforço claro de alargamento e envolvimento de novos públicos”.

Para Manuel Araújo, subdiretor artístico da Academia: “A V edição do evento está a criar grandes expetativas na organização, orgulhosa de ver instaurado em Portugal, na zona centro, um evento já amplamente reconhecido a nível internacional”.

Sardoal com Concerto Jovens Talentos a 4 de fevereiro

O Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal, acolhe no dia 4 de fevereiro, pelas 21h30, o Concerto de Jovens Talentos ou Young Talents Concert, em inglês, integrado no “V Coimbra World Piano Meeting”, que se destacará pela elevada qualidade artística e técnica dos jovens pianistas.

O Concerto, de entrada livre, decorre no âmbito do Protocolo de Colaboração, assinado entre o Município de Sardoal e a Academia Internacional de Música “Aquiles Delle Vigne”, e tem como objetivo fomentar as atividades culturais que acrescentem valor cultural aos munícipes de Sardoal e de concelhos vizinhos, divulgando, simultaneamente, o trabalho da Academia.

Figueira da Foz com Prémio Internacional de Piano a 7 de fevereiro

O Centro de Artes e Espetáculos (CAE) da Figueira da Foz acolhe no próximo dia 7 de fevereiro, pelas 21h00, a final do Prémio Internacional de Piano (Figueira da Foz International Prize), integrado no “V Coimbra World Piano Meeting”, que tem como objetivo eleger o melhor jovem talento. Este concerto, de entrada livre, tem a participação da Orquestra Filarmónica das Beiras, sob direção do maestro Rui Pinheiro.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!