Vacina COVID-19 da Pfizer-BioNTech tem novas condições de armazenamento

Agência Europeia de Medicamentos aprovou hoje, 17 de maio, uma mudança nas condições de armazenamento da vacina COVID-19 da Pfizer-BioNTech. A vacina pode ser armazenada durante 31 dias, entre 2 a 8ºC, após descongelação e antes de ser diluída.

0
Vacina COVID-19 da Pfizer-BioNTech tem novas condições de armazenamento
Vacina COVID-19 da Pfizer-BioNTech tem novas condições de armazenamento

A vacina COVID-19 da Pfizer- BioNTech, após ser descongelada e antes de ser diluída, pode ser armazenada em temperaturas de normais de frigorífico doméstico de 2 a 8°C, durante 31 dias, em vez dos cinco dias indicados anteriormente. Um novo requisito que já foi aprovado pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês).

A BioNTech indica que dentro do período de 31 dias os frascos, das vacinas descongeladas não diluídas, podem ser transportados durante um máximo de 12 horas. O prazo de validade da vacina Comirnaty diluída não muda e é estável durante 6 horas a temperaturas entre os 2 e os 30°C a partir do momento em que é realizada a diluição e deve ser administrada dentro dessas 6 horas.

A alteração das condições de armazenamento é baseada em novos dados de estudos de estabilidade que confirmaram a qualidade do produto durante os 31 dias. A empresa de biotecnologia indica que a formulação permaneceu inalterada.

O novo período de armazenamento pode ser aplicado a todos os lotes atualmente disponíveis e a futuros fornecimentos.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!