Dia Nacional do Não Fumador para celebrar a saúde

Cerca de 12.000 mortes por ano são atribuídas ao consumo de tabaco e à exposição ao fumo ambiental de tabaco, lembra Paulo Vitória, psicólogo e Professor na Universidade da Beira Interior. O Dia Nacional do Não Fumador, 17 de novembro, é para celebrar a saúde.

0
Paulo Vitória, Psicólogo e Professor no Departamento de Ciências Médicas da Universidade da Beira Interior
Paulo Vitória, Psicólogo e Professor no Departamento de Ciências Médicas da Universidade da Beira Interior. Foto: DR

O fumo do tabaco continua a ser, em Portugal e no mundo, o principal fator evitável de doenças crónicas, perda de qualidade de vida e mortalidade prematura. Está relacionado com doenças cérebro-cardiovasculares, cancro, doenças respiratórias e diabetes. No nosso país são atribuídas cerca de 12.000 mortes por ano ao consumo de tabaco e à exposição ao fumo ambiental de tabaco.

Celebra-se a 17 de novembro o Dia Nacional do Não Fumador. Este dia comemorativo foi criado por uma Resolução do Conselho de Ministros (Resolução n.º 35/84, de 11 de junho), que, então, instituiu o Dia Mundial do Não Fumador. Curiosamente, o Governo Português apressou-se a marcar esta efeméride na sequência de uma recomendação aprovada em 1983 na 5ª Conferência Mundial Tabaco ou Saúde. Entretanto, o resto do mundo aderiu ao Dia Mundial Sem Tabaco (31 de maio), promovido pela Organização Mundial de Saúde e Portugal tornou-se assim o único país do Mundo que tem um Dia do Não Fumador.

Na nossa perspetiva, o grande destaque desta efeméride será a sua finalidade. Ao contrário de outras datas comemorativas na área da saúde, que são dedicadas a doenças com o objetivo de aumentar o conhecimento da população sobre as mesmas, o Dia do Não Fumador serve para celebrar a saúde e felicitar todos os Portugueses que decidiram não fumar. Assim, 17 de novembro é o dia de mais de 7 milhões de Portugueses que não fumam, participando ativamente na preservação da sua saúde e na promoção da saúde de toda a população.

É evidente que esta data representa também um convite de mudança para os Portugueses que fumam. Aproxima-se o fim do ano e as famosas resoluções de ano novo, que são o momento mais escolhido para tentar deixar de fumar. O dia 17 de novembro surge como a data ideal para os Portugueses que fumam iniciarem a sua preparação para cessar esse comportamento. Uma preparação adequada, que é um dos principais determinantes do sucesso, deverá ter como objetivo principal resolver o conflito inerente a esta mudança. Quando o conflito se resolve, deixar de fumar torna-se fácil!

Consultar o médico, utilizar os medicamentos com indicação para a cessação tabágica e mobilizar o apoio dos mais próximos são as estratégias mais importantes na preparação efetiva de uma tentativa para deixar de fumar. Para resolver o conflito entre fumar e não fumar, a motivação e a atitude são fundamentais. Deixar de fumar pode ser como uma experiência, como uma viagem com muitas descobertas pela frente, incluindo, como em qualquer viagem, o autoconhecimento. É essencial partir para esta viagem com sentido lúdico, enfrentado os desafios com confiança e abertura para surpresas. E, a propósito de desafios e surpresas, porque não começar agora? Se fuma e está a pensar deixar de fumar, não espere pelo dia 1 de janeiro… aproveite o dia do Não Fumador para parar já de fumar, idealmente com ajuda médica!

Autor: Paulo Vitória, Psicólogo e Professor no Departamento de Ciências Médicas da Universidade da Beira Interior

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!