Concertos gratuitos na Fundação Calouste Gulbenkian

Fundação Calouste Gulbenkian, numa nova edição da iniciativa Portas Abertas – Rising Stars, a 10 de fevereiro, convida o público a assistir gratuitamente a concertos, um documentário e vídeos didáticos sobre os instrumentos da Orquestra Gulbenkian.

0
Concertos gratuitos na Fundação Calouste Gulbenkian
Concertos gratuitos na Fundação Calouste Gulbenkian. Anaïs Gaudemard. Foto: © Miguel Bueno

Fundação Calouste Gulbenkian acolhe uma nova edição da iniciativa Portas Abertas, domingo, 10 de fevereiro. Cinco recitais de jovens músicos distinguidos pela ECHO – European Concert Hall Organisation, uma rede que reúne algumas das mais prestigiadas salas de concertos da Europa, entre elas a Gulbenkian Música, são algumas das atividades a que o público pode assistir gratuitamente.

Os concertos dos jovens músicos, escolhidos com base na excelência musical e virtuosismo demonstrados, apresentam um reportório da sua escolha e uma nova obra encomendada especificamente para esta edição dos Rising Stars.

Peter Moore. Foto: © Kaupo Kikkas
Peter Moore. Foto: © Kaupo Kikkas

Às 11h00 têm inicio os concertos com a atuação do trombonista britânico Peter Moore que, com apenas 12 anos, venceu o concurso da BBC “Jovem Músico do Ano” e aos 18 tornou-se o mais jovem músico a integrar a Orquestra Sinfónica de Londres. Peter Moore é apresentado por Barbican Centre London e acompanhado pelo pianista Jonathan Ware. Neste recital apresenta peças de várias épocas, muitas das quais transcrições de obras originalmente escritas para outros instrumentos.

Anaïs Gaudemard. Foto: © Nicolas Mignani
Anaïs Gaudemard. Foto: © Nicolas Mignani

Às 13h00 é a vez da harpista francesa Anaïs Gaudemard, intérprete proposta em conjunto pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Cité de la Musique-Philarmonie de Paris, é uma das mais brilhantes artistas da sua geração. Vencedora do Concurso Internacional de Harpa de Israel em 2012 e de múltiplos e conceituados prémios. Anaïs Gaudemard toca um programa composto por obras como A Cotovia de Glinka, A Fonte de Albert Zabel Daquin, e ainda uma obra inspirada no quadro Os Pássaros da Noite de Edward Hopper.

Amatis Trio. Foto: Foto: © Marco Borggreve
Amatis Trio. Foto: Foto: © Marco Borggreve

Às 15h00 atua o Amatis Piano Trio, composto por Lea Hausmann (violino), Samuel Shepherd (violoncelo) e Mengjie Han (piano). Os artistas são vencedores de vários prémios e competições internacionais, bem como um dos mais proeminentes trios de piano da nova geração. Para além de uma obra-prima de Schubert, o Trio com Piano n.º 2, em Mi bemol maior, D. 929, darão também a ouvir uma nova obra de Andrea Tarrodi, intitulada Moorlands, uma encomenda Festspielhaus Baden-Baden, Konzerthaus Dortmund, Elbphilharmonie Hamburg e Kölner Philharmonie.

Josep-Ramon Olivé. Foto: © DR
Josep-Ramon Olivé. Foto: © DR

Às 17h00 tem lugar o recital de canto do barítono Josep-Ramon Olivé. O artista é acompanhado por Ian Tindale no piano. O jovem músico catalão interpreta um reportório com canções de Franz Schubert e Gustav Mahler, e também uma nova peça da sua compatriota, Raquel García-Tomás, encomendada por L’Auditori Barcelona, Palau de la Música Catalana.

Quatuor Arod. Foto: © Marco Borggreve
Quatuor Arod. Foto: © Marco Borggreve

Às 19h00 terminam os concertos com o quarteto de cordas Quatuor Arod, vencedor do primeiro prémio no prestigiado Concurso Internacional de Música da ARD, em Munique, no Concurso de Música de Câmara Carl Nielsen, em Copenhaga, e na Competição Europeia da FNAPEC, em Paris. Apresentado por BOZAR Brussels e Het Concertgebouw Amsterdam, o Quatuor Arod escolheu para este recital um quarteto de Mozart (K.458) e outro de Beethoven (nº9, Razumovsky).

Os concertos Rising Stars decorrem no Grande Auditório com entrada gratuita mediante levantamento de bilhete no próprio dia. No Auditório 3, com entrada livre, vão ser exibidos o documentário “O Stradivarius Português” de Andrea Lupi e vídeos didáticos sobre os instrumentos da Orquestra Gulbenkian.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!