Dieta determina o envelhecimento celular em mulheres

Estudo de investigação concluiu que uma dieta baseada em frutas, vegetais e cereais integrais e pobre em açúcar, sódio e carnes processadas, mantém as células saudáveis e promove um envelhecimento com menor risco de doenças em mulheres.

0
Dieta determina o envelhecimento celular em mulheres
Dieta determina o envelhecimento celular em mulheres. Foto: Rosa Pinto

Uma dieta rica em frutas, vegetais e cereais integrais e pobre em açúcar, sódio e carnes processadas pode ajudar a promover o envelhecimento celular saudável em mulheres, conclui um novo estudo de investigação publicado no American Journal of Epidemiology.

“A principal conclusão é que seguir uma dieta saudável pode ajudar a manter células saudáveis ​​e evitar certas doenças crónicas”, referiu a principal autora do estudo, Cindy Leung, investigadora da Escola de Saúde Pública da Universidade de Michigan, e acrescentou: “A ênfase deve ser colocada em melhorar a qualidade geral da dieta, em vez de colocar o foco em alimentos individuais ou em nutrientes.”

No estudo, os investigadores usaram o comprimento dos telómeros para medir o envelhecimento celular. Os telómeros são estruturas de ADN – proteína localizadas nas extremidades dos cromossomos que promovem estabilidade e protegem o ADN. A idade é o mais forte preditor do comprimento dos telómeros – os telómeros encurtam durante cada ciclo celular.

No entanto, estudos recentes mostraram que os telómeros também podem ser encurtados devido a fatores comportamentais, ambientais e psicológicos. Telómeros mais curtos têm sido associados a um aumento do risco de doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e alguns tipos de cancro.

Cindy Leung e seus colegas de investigação examinaram as dietas de uma amostra nacionalmente representativa de cerca de 5.000 adultos saudáveis ​​e como eles pontuaram em quatro índices de qualidade de dieta baseada em evidências, incluindo a dieta mediterrânea, a dieta DASH e duas medidas de qualidade de dieta desenvolvidas pelo Departamento de Agricultura dos EUA e pela Escola de Saúde Pública, Harvard TH Chan.

Para as mulheres, as pontuações mais altas em cada um dos índices foram significativamente associadas à maior duração dos telómeros.

“Ficamos surpreendidos pelos resultados serem consistentes, independentemente do índice de qualidade da dieta que usamos”, referiu Cindy Leung. “Todas as quatro dietas enfatizam o consumo de muitas frutas, vegetais, cereais integrais e proteínas vegetais e limitam o consumo de açúcar, sódio, carne vermelha e processada” e “em geral, os resultados sugerem que seguir essas diretrizes está associado a um maior comprimento dos telómeros e a uma redução do risco de doenças crónicas graves”.

A coautora do estudo, Elissa Epel, professora de psiquiatria da Universidade da Califórnia, em San Francisco, indicou que “a semelhança com todos os padrões de dieta saudáveis ​​é que eles são antioxidantes e anti-inflamatórios, e criam um ambiente bioquímico favorável aos telómeros”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!