29 Fevereiro 2024

Tag: Doença arterial

Pressão arterial flutuante é um sinal de alerta para demência e doenças cardíacas

Pressão arterial flutuante é um sinal de alerta para demência e doenças cardíacas

Flutuação da pressão arterial pode aumentar risco de demência e problemas vasculares em pessoas idosas. Investigação mostra que variações elevadas da pressão arterial dentro da pressão arterial sistólica estão associadas a maior rigidez dos vasos sanguíneos.
Beber café ajuda a manter a pressão arterial baixa

Beber café ajuda a manter a pressão arterial baixa

Investigação confirma que beber café ajuda a manter a pressão arterial baixa, tanto a pressão aórtica periférica como à central. Todos os resultados confirmam os efeitos positivos do café na redução do risco de doenças cardiovasculares.
Tempo frente à TV aumenta risco de coágulos sanguíneos potencialmente fatais

Tempo frente à TV aumenta risco de coágulos sanguíneos potencialmente fatais

Cientistas alertam que permanecer durante várias horas frente à Televisão aumenta risco de sofrer coágulos sanguíneos potencialmente fatais. O risco de coágulos sanguíneos não diminui mesmo que seja fisicamente muito ativo.
Luísa Fonseca, Internista e Membro do NEDVC

Acidente Vascular Cerebral – Como podemos melhorar?

Reconhecer os sinais de alarme de um Acidente Vascular Cerebral é fundamental para uma intervenção precoce numa situação que ameaça seriamente a vida. A médica especialista Luísa Fonseca alerta, neste seu artigo, para a situação do AVC.
Cacau melhora atividade de pessoas com doença arterial periférica

Cacau melhora atividade de pessoas com doença arterial periférica

Consumo de cacau aumenta o fluxo sanguíneo e melhora algumas funções musculares levando a um melhor desempenho na caminhada, em pacientes com doença arterial periférica. Concluiu estudo publicado na revista Circulation Research da American Heart Association.
Inovação no tratamento da doença arterial coronária calcificada

Inovação no tratamento da doença arterial coronária calcificada

Centro Hospitalar do Porto realiza primeira litoplastia coronária no norte do país. Esta técnica utiliza ondas de choque transmitidas por um balão que facilita a desobstrução das artérias coronárias, permitindo a normalização da circulação sanguínea.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS