Tag: Prémio Sakharov

PE atribui Prémio Sakharov 2020 a oposição democrática na Bielorrússia

PE atribui Prémio Sakharov 2020 a oposição democrática na Bielorrússia

A oposição democrática na Bielorrússia vence Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2020 do Parlamento Europeu. Um prémio pela “coragem, resiliência e determinação” na luta pela “verdade” na Bielorrússia.
Prémio Sakharov atribuído ao ativista uigure Ilham Tohti

Prémio Sakharov atribuído ao ativista uigure Ilham Tohti

Ilham Tohti reconhecido com o Prémio Sakharov pelo Parlamento Europeu. Ilham Tohti é um ativista uigure que nos últimos 20 anos tem vindo a promover o diálogo e a compreensão mútua entre os uigures e outros chineses. Está detido na China.
PE galardoa cineasta ucraniano Oleg Sentsov com prémio Sakharov

PE galardoa cineasta ucraniano Oleg Sentsov com prémio Sakharov

Parlamento Europeu entregou hoje o prémio Sakharov ao cineasta e escritor ucraniano Oleg Sentsov. A receber o galardão esteve a prima do distinguido, Natalya Kaplan, e o seu advogado Dmitriy Dinze, dado Oleg Sentsov estar em prisão na Rússia.
Edifício do Parlamento Europeu em Estrasburgo

Parlamento Europeu atribui Prémio Sakharov ao ucraniano Oleg Sentsov

Cineasta ucraniano Oleg Sentsov é distinguido com o Prémio Sakharov de 2018. “Oleg Sentsov tornou-se um símbolo da luta pela libertação de presos políticos detidos na Rússia e em todo o mundo”, afirmou Antonio Tajani, Presidente do Parlamento Europeu.
Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento

Prémio Sakharov 2017 entregue no PE à oposição democrática na Venezuela

Prémio Sakharov 2017 foi hoje entregue, no Parlamento Europeu, aos representantes da oposição democrática na Venezuela. Um prémio que Antonio Tajani referiu ser “dedicado a todos os venezuelanos”.
Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar recebem prémio Sakharov

Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar recebem prémio Sakharov

Nadia Murad e Lamiya Aji Bashar, ativistas yazidis, receberam Prémio Sakharov do Parlamento Europeu. As yazidis conseguiram fugir ao Daesh, depois de verem praticamente dizimada a sua comunidade e de serem forçadas à escravatura sexual.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS