Época da gripe: o que precisa saber

Especialistas em doenças infeciosas da Universidade Rutgers abordam a próxima época a gripe deste ano e como as pessoas podem manter-se saudáveis. Os especialistas concluem que as vacinas são importantes com meio de proteção.

0
Época da gripe: o que precisa saber
Época da gripe: o que precisa saber. Foto: DR

Durante a época da gripe do ano passado, milhares de pessoas, nos EUA, foram hospitalizadas e 180 crianças morreram, destas crianças 80% não tinham sido vacinadas. Os dados são dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

O CDC recomendou recentemente que as pessoas recebam vacinas contra a gripe no final de outubro, no início da época, antes do vírus começar a disseminar-se. Os especialistas em doenças infeciosas, David Cennimo, da Rutgers New Jersey Medical School, e Tanaya Bhowmick, da Faculdade de Medicina Rutgers Robert Wood Johnson, esclarecem sobre a época da gripe deste ano, a eficácia da vacina e como as pessoas se podem proteger.

Como é que a gripe é transmitida?

David Cennimo esclareceu que a gripe espalha-se através de gotículas, como o espirro ou tosse, e também pelo contato com superfícies contaminadas pelo vírus.

Pelo que o CDC recomenda precauções preventivas para impedir a propagação dos vírus, como evitar o contacto com pessoas, se está infetada então deve permanecer em casa pelo menos 24 horas após o surgimento de febre, cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir, lavar as mãos com sabão e água depois de usar num tecido e evitar tocar nos olhos, nariz e boca. As pessoas doentes devem evitar agrupar-se em locais públicos para minimizar o risco de infetar outras pessoas.

Quais as estirpes que a vacina vai cobrir este ano?

Para David Cennimo, tal como nos anos anteriores, a vacina contra gripe vai abranger os tipos Influenza A e B. Houve algumas modificações na vacina deste ano, assim, uma variante diferente da estirpe H3N2 da Influenza A e da Influenza B foi incluída para corresponder melhor às estirpes em circulação neste ano.

No ano passado, a vacina foi boa, mas não ótima. O componente H1N1 saiu-se bem, mas, infelizmente, vimos muitos casos de H3N2 que não foram abordados pela vacina. Houve também um surto tardio nesta área em casos de Influenza B. As mudanças na vacina atual demonstram porque é que essa vigilância e reavaliação são importantes.

A eficácia geral das vacinas contra a gripe 2017-2018 contra os vírus influenza A e B é estimada em 40%, mas as pessoas devem ter em conta que uma eficácia de 40% ajuda muitas pessoas.

Qual a importante de ser vacinado contra a gripe?

Tanaya Bhowmick esclareceu que além de proteger as pessoas de estirpes comuns da gripe, se receber a vacina, mas contrair uma estirpe que não foi incluída, os sintomas, como febre e dores, não serão tão graves. Assim em vez de ficar fora de atividade durante uma semana, pode ficar fora apenas por alguns dias.

Algumas pessoas podem ser infetadas com o vírus da gripe, mas não apresentam sintomas, mas durante esse tempo, essas pessoas ainda podem disseminar o vírus para outras pessoas, especialmente a populações vulneráveis, como idosos, crianças e pessoas com um sistema imunológico debilitado, como pacientes com cancro em tratamento quimioterápico, pessoas com HIV ou doença pulmonar. A vacinação vai impedir o vírus de infetar outras pessoas.

Uma pessoa pode ficar com gripe por ser vacinada?

Não, esclareceu Tanaya Bhowmick. No entanto, as pessoas devem saber que a vacina leva duas semanas para ser eficaz, pelo que durante esse tempo ainda podem contrair a gripe. A vacina expõe o corpo a uma forma enfraquecida do vírus, que permite construir uma resposta imunológica.

Quando é o melhor momento para receber a vacina contra a gripe?

David Cennimo esclareceu que, nos EUA, a época da gripe vai de outubro a maio, com pico de atividade entre dezembro e fevereiro. A recomendação do CDC é de que a vacina seja tomada até o final de outubro. A eficácia da vacina é de aproximadamente seis meses. Então, se a pessoa receber a vacina contra a gripe em setembro e tivermos uma época de gripe tardia, então não estará tão bem protegido durante esses meses. Mas se atrasar a toma da vacina, há uma possibilidade de vir a ser infetado.

A vacina por spray nasal é tão eficaz como a de injeção?

Tanaya Bhowmick indicou que a ‘FluMist’, que pode ser administrada a pessoas de 2 a 49 anos, contém um vírus vivo e é eficaz se administrada corretamente. Enquanto a de spray nasal é uma boa alternativa para as pessoas não gostam de agulhas, mas a injeção ainda é o método preferido.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!