Militar da Marinha da Fragata Corte-Real ferido com gravidade

Marinheiro em serviço na fragata Corte-Real, atracada na Base Naval de Lisboa, sofreu ferimento grave na cabeça que a Marinha indica ter sido por disparo de arma do serviço, e alegadamente pelo próprio.

0
Militar da Marinha da Fragata Corte-Real ferido com gravidade
Militar da Marinha da Fragata Corte-Real ferido com gravidade. Foto: © Rosa Pinto

A Marinha divulgou que pelas 21h00, de ontem, um militar da Marinha, que se encontrava em serviço na fragata Corte-Real, atracada na Base Naval de Lisboa, “foi encontrado inanimado com ferimento na cabeça após disparo de arma do serviço, alegadamente realizado pelo próprio.“

Em face da situação “foram acionados todos os mecanismos de emergência médica, informada a família, à qual está a ser disponibilizado apoio psicológico, e comunicado à Polícia Judiciária Militar, que tomou conta da ocorrência.”

A Marinha indicou que o militar de 31 anos “foi assistido pelo INEM a bordo e encaminhado, em estado grave, para unidade hospitalar, onde se encontra nos cuidados intensivos.”

O militar ferido ingressou na Marinha em 2006 e atualmente é Marinheiro, da classe de Técnicos de Armamento. A Marinha indicou que vai “desencadear um processo de averiguações para apurar todas as circunstâncias em que ocorreu esta situação.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!